• White Facebook Icon

Muito se fala a respeito do que significa fazer Missões. Você mesmo já pode até ter ouvido falar sobre o assunto, ou então  até se interessou, mas nunca entendeu muito bem do que se trata exatamente. Calma! Nós vamos te ajudar com isso!

 

Pra começar você precisa entender que fazer Missões é uma parte importantíssima da Grande Comissão (tarefa de ir, pregar e fazer discípulos em todo o mundo que Jesus entregou a todos que o seguem), porém não é a única. Mas como o assunto aqui é sobre Missão, vamos tratar apenas desta parte, ok?

 

Bom, como já dissemos, Missões é uma parte importantíssima da Grande Comissão. O renomado pregador norte americano John Piper em seu artigo “Quanto Resta a Fazer na Grande Comissão” - disponível em desiringgod.org - faz uma importante definição do que significa missões. Segundo ele,

 

Missões não é o mesmo que evangelismo. Evangelismo é compartilhar o evangelho com qualquer descrente, e esse trabalho nunca será terminado até que Jesus venha. Missões, por outro lado, tem a ver com grupos étnicos, e não apenas pessoas, e o número é finito e relativamente estável — como “toda tribo, língua, povo e nação” - Apocalipse 5:9. Portanto, missões é atravessar uma cultura, aprender um idioma, e plantar uma igreja através da pregação do evangelho no meio de grupos étnicos que não possuem igrejas fortes o suficiente para evangelizar seu grupo.

 

Percebemos assim que fazer Missões requer um esforço em direção à um lugar, ou região, e diz respeito a um território totalmente diferente da nossa zona de conforto.

Nesse exato momento você já deve estar pensando em partir pra um destes lugares onde ninguém nunca ouviu falar de Jesus e assim salvar muitas almas. Calma! A ideia é boa, mas tudo precisa ser feito com responsabilidade. Por isso vamos ver um pouco mais de perto do que realmente as nações precisam.

Será que todos esses países necessitam mesmo da gente? Veja o que Paul Washer, outro renomado pregador, fala a respeito dessa questão:

 

Muitos pensam que Missões se trata apenas de enviar pessoas dispostas ao campo, mas Missões não se trata de enviar missionários. Fazer missões é enviar o evangelho de Deus a este mundo através de homens e mulheres. Conhecer a Deus e a sua palavra é o mais importante, pois quando formos, poderemos abrir nossa boca e instruir os outros a respeito da fé em Jesus. Plantar mais igrejas bíblicas e sãs. Não se preocupar com o “número” de salvos e apoiar as igrejas até se estruturarem, se sustentarem e amadurecerem na fé.

 

Agora deu pra entender que não basta apenas atravessar um continente? O que os povos e as nações precisam mesmo é ouvir o evangelho de Jesus, e não apenas de pessoas dispostas, até porque a disposição pode acabar. Eles precisam ouvir o evangelho, precisam de pessoas cheias da presença do Senhor que sabem do que estão falando, que conhecem a palavra de Deus que é a única coisa que tem poder para salvá-las (Romanos 1:16).