• White Facebook Icon
  • White Facebook Icon

A VERDADE QUE O MUNDO TENTOU ME ESCONDER

9.3.2016

"Foi para a liberdade que Cristo nos libertou! Portanto, permanecei firmes e não vos sujeiteis outra vez a um jugo de escravidão." - Gálatas 05:01

 

Eu nasci escravo, mas o mundo ao meu redor insistia em me dizer que eu era livre. Eu nasci prisioneiro, mas a sociedade e a televisão me enganaram com as mentiras de que eu poderia alcançar a felicidade sem Jesus.

 

Quando eu lia os livros e ouvia as histórias que me contavam sobre a criação de tudo, e a liberdade do mundo que me apresentavam, até parecia algo bom para se acreditar e viver, mas também não passava de uma farsa. A verdade que eu via, era na verdade a "verdade" inventada e teorizada por homens que, assim como eu, também procuravam a verdade, mas acabavam se perdendo em discussões e conceitos fabricados.

 

Cresci preso em mim mesmo. Nos meus próprios desejos. Eles governavam meu ser. Eu era o meu próprio deus. Mas tudo ao meu redor me dizia que era assim mesmo, que eu deveria aproveitar. Diziam que eu era livre. Mais uma vez mentiam pra mim.

 

Escutei sobre a "liberdade" que outros encontravam em fábulas e nas crenças dos mais velhos, talvez neles repousasse a sabedoria e experiência da qual eu precisava, porém, os deuses deles também eram falsos, criados com suas próprias mãos, feitos a própria imagem do desejo egoísta do homem. Estes homens ainda vivem presos achando que são livres.

 

Para preencher o vazio dentro do meu ser procurei pessoas, grupos e "tribos". Infelizmente mais uma vez o mundo me enganava, mentia para mim, pois, o vazio só aumentava, mesmo que o número de "amigos" também aumentasse.

 

De repente toda essa mentira se tornou a minha verdade. Nasci escravo do meu vazio, do meu pecado, mas me diziam que eu era livre. Minha mãe tentava abrir meus olhos, mas eu preferia não enxergar. Até que um dia eu de fato me encontrei "preso". Era estranho, mas ao mesmo tempo me libertava. Para mim que achava que estava "livre" estando "preso", estar "preso" e saber que eu estava livre era fantástico!

 

Isso aconteceu quando Jesus me encontrou. Ele não me enganou, pelo contrário, Ele foi logo me atraindo e me prendendo com suas cordas de amor, um amor tão profundo que me faz enxergar que toda a minha "liberdade" era falsa, fabricada e que na verdade eu estava preso à essa mentira.

 

Esse é o paradoxo do evangelho: quando estou livre para viver minha natureza carnal é quando eu estou preso e sou escravo, uma pessoa sem escolhas. Mas quando eu estou preso a Jesus e ao seu sacrifício, é quando estou livre pra ver e ser tudo o que Deus têm pra mim.

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags