• White Facebook Icon
  • White Facebook Icon

DECEPCIONADO COMIGO MESMO

21.3.2016

 

"Miserável homem que eu sou!" - Romanos 7:24

 

A Cruz de Cristo não é algo que está distante do homem. A mortificação da carne não é a parte inalcançável do evangelho, pelo contrário, a morte e a ressurreição de Jesus foram as obras que tornaram isso possível ao ser humano.

 

Nascemos, crescemos e desde muito cedo já somos ensinados que precisamos nos destacar. Nosso ego é acariciado e tratado com muito cuidado prematuramente. Ouvimos como somos bons nisso, como fazemos bem aquilo outro, recebemos elogios sempre na ânsia de sermos pessoas mais confiantes, pessoas bem sucedidas que não ficam por baixo. Recebemos presentes e mimos pra não ficarmos tristes, ou decepcionados com aqueles que dizem que nos amam, se nos amam, então nos dê esse brinquedo, não me diga "não", deixe a gente comer o que quisermos. Quando crescemos e nos deparamos com a adolescência novamente somos estimulados a sermos "bons"! Se eu não sou bom então não serve. Sem perceber inflamos mais ainda o nosso ego dizendo pra nós mesmos que somos bons e que merecemos as melhores coisas, as melhores notas, as melhores posições, os melhores empregos, as melhores vagas, e assim por diante. Nos tornamos adultos e nada muda, pelo contrário, as coisas só pioram, pois, as raízes da aparente bondade que há em nós já estão fincada em nossos corações, a final de contas, o que mais poderíamos esperar já que o nosso ego vinha adubando esse sentimento e raciocínio em nós?

 

Depois de tudo isso, ou em alguma dessas fazes, Jesus nos encontra, e somos impactados por Ele e por tudo o que Ele fez por nós, somos até gratos por isso, e como resposta dessa gratidão frequentamos aos cultos em nome dEle na igreja local mais perto de casa e assim achamos que está tudo bem. Mas não está não.

 

O evangelho, Jesus, a cruz e todos os outros "ingredientes" que completam o plano perfeito de Deus gritam aos meus ouvidos da forma mais suave possível, mas ao mesmo tempo atemorizante: VOCÊ NÃO É BOM! VOCÊ É MAU! Era isso que Paulo estava querendo dizer quando falou que não conseguia fazer o bem que ele gostaria (Romanos 7:19-20)! Esse é o exato momento em que o apóstolo se decepciona consigo mesmo e percebe o quão miserável ele era. Você já olhou para dentro de si e conseguiu entender que você não é bom o suficiente? Você olhou para a graça do Pai e exclamou: "Miserável homem que sou!"? Caso ainda não tenha entendido que a morte de Jesus é o equivalente a morte do seu ego e do seu eu, presumo que ainda te falte uma coisa a fazer.

 

Se continuarmos tratando nossa carnalidade, nosso coração fraco e mau, com amor, carinho e sentimentalismo, nunca seremos aperfeiçoados pelo Pai. Isso não quer dizer que tudo vá acontecer da noite para o dia, mas quer dizer que você não vai parar de caminhar em direção à Nova Jerusalém celestial totalmente apoiado na perfeição que há em Jesus ao invés da sua, pois, há um que diz que é bom: DEUS! Ele é bom o suficiente para te salvar e para me salvar! 

 

A cruz de Cristo me mostra que é possível eu morrer para o mundo e para o meu pecaminoso coração. A ressurreição de Jesus me mostra que é possível eu renascer nEle. Uma vida nova em Jesus não é o equivalente a nunca mais ser tentado, pelo contrário, agora você terá a chance de sentir o toque do Espírito Santo e se arrepender quando cair em alguma transgressão, ou cair várias vezes. Só não cometa o erro de achar que você precisa de uma atenção maior, de um tratamento especial, se assim você fizer, eu serei obrigado a te falar que você não quer ser restaurado, você apenas quer continuar sendo essa criança que sempre ouviu aquilo que confortava o seu próprio eu.

 

Decida hoje se decepcionar com você mesmo. Olhar para dentro de si, fazer um autoexame a luz da palavra e ser sincero consigo mesmo. Seja verdadeiro, seja honesto com você e com o Senhor, Ele sabe do que você precisa, no Pai há uma fonte inesgotável de riquezas que o dinheiro não pode comprar - santidade, amor, bondade, fé, domínio próprio, etc - apenas grite do mais profundo da sua alma e com sinceridade: "Que miserável homem que sou!" Daí o Senhor virá com a provisão para a sua vida!

 

 

Obs.: Trazer essa mensagem a ti não faz de mim alguém melhor do que você, pelo contrário, só não posso deixar que você continue sendo aquilo que um dia eu mesmo fui.

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags