• White Facebook Icon
  • White Facebook Icon

PEDRO X JESUS E A NECESSIDADE DE QUERERMOS SER DEUS

"E respondeu-lhe Pedro, e disse: Senhor, se és tu, manda-me ir ter contigo por cima das águas." - Mateus 14:28


Como homens originalmente separados de Deus, infelizmente temos a necessidade de agirmos por conta própria e fazermos as coisas conforme achamos bom. Sentimos a necessidade de firmar a nossa própria identidade nos assemelhando a Deus da maneira errada, e é sobre isso que Deus quer falar com a gente hoje.


Pedro estava junto com os outros discípulos no barco que estava quase naufragando por causa da forte tempestade que caia naquele momento. Jesus vem andando por cima das águas a fim de se encontrar com os seus discípulos, e para acalmar os seus corações ele se revela, se identifica dizendo:


"Tende bom ânimo, sou eu, não temais." - Mateus 14:27


É nesse instante que Pedro com toda a sua "ousadia" e "coragem" desafia a autenticidade das palavras do Mestre e o próprio mestre. Pedro desafia Jesus para um embate de fé. Ele pensa que pode ser igual a Jesus, ele pensa que pode fazer exatamente o que Jesus estava fazendo e ser quem Ele era, ou seja, “se Jesus é de fato Jesus, ele vai me entregar o poder suficiente para ser como Ele é e fazer o que Ele mesmo está fazendo” - Quantos de nós agimos da mesma maneira? Infelizmente muitos.


Muitas pessoas estão querendo ser Deus desafiando a autenticidade do Filho que Ele enviou afim de mostrar que sua vida pode ser salva por conta própria. Desafiar a autenticidade de Jesus no começo pode até parecer vantajoso, você caminhará, você avançará, mas o naufrágio é certo! Pedro sai do barco com medo de naufragar, mas a única coisa que ele consegue desafiando a Jesus e sua autenticidade é justamente afundar. Aqui Deus me mostra que eu não posso ser igual a Ele, que eu não posso salvar a minha própria alma! Jesus estava caminhando em direção ao barco onde os discípulos estavam justamente para salvá-los, porém Pedro crê que pode salvar a si e estar no mesmo patamar que o Filho de Deus. Muitos outros querem tomar a cruz que Jesus já se crucificou, afim de alcançar a salvação pelas suas próprias obras, outros querem ser “deus” de suas próprias vidas confiando na própria santidade, mas tudo isso sem Jesus é vão para a própria salvação.


Desafiar a veracidade do Filho é querer tomar para si o lugar do próprio Deus. Pedro não era Jesus, ele não tinha a capacidade que Jesus tinha e tem, ele não poderia caminhar sobre as águas por muito tempo, pois a carne dele sentia o vento forte e o medo se tornou novamente realidade para ele. Enquanto Pedro afunda, vem à tona a sua fraqueza, pois quanto mais queremos tomar o lugar do Senhor, mais a nossa realidade pecaminosa é exposta! Tanto mais enfrentamos a cruz apresentando o nosso próprio madeiro, mais medo e angústia sentiremos.


Só Jesus poderia fazer o que fez, caso o contrário ele teria convidado os discípulos para andarem sobre as águas com ele, mas ele disse para eles pegarem o barco, o barco é o plano de Deus e a salvação é o próprio Senhor Jesus. Jesus vem de encontro ao plano do Pai, não é você que vai ao encontro dEle. As falsas religiões nos dizem que podemos ir, que podemos sair do barco, que podemos e que temos a capacidade de fazer o que Jesus fez, mas cada uma delas é mentirosa e falsa! Quando saímos do plano de Deus onde Jesus é quem vem ao nosso encontro o final é o naufrágio, e a única coisa que nos resta é dizer: “Senhor me salva!”


Não desafie a autenticidade do Filho, não queira ser Deus, você não pode, e se mesmo assim você quiser tentar, vá em frente, pois Jesus diz: “Vem”. Tente ir, e você experimentará sua verdadeira estrutura carnal e impossibilitada de salvar a si mesmo.


#salvação #Pedro #Jesus #Deus

Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now