• White Facebook Icon
  • White Facebook Icon

SALVAÇÃO - Parte 3

27.10.2016

"E não há salvação em nenhum outro, pois debaixo do céu não há outro nome entre os homens pelo qual devamos ser salvos."  Atos 4.12


Após entendermos a necessidade de salvação, precisamos entender o que muda em nossas vidas uma vez que Cristo nos promove a salvação. Na primeira parte expus o fato que, por natureza, o homem busca a salvação. Na segunda parte expus qual o motivo pelo qual devemos ser salvos. Essa terceira parte é mais uma reflexão sobre a salvação. Quero levar você a entender a salvação de Cristo em sua vida. Mais do que quando ela é aplicada, mais do que se ela pode ser resistida ou não, mais do que se ela pode ser perdida ou não, mas sim de como passamos a viver a partir dessa salvação que Cristo nos dá.


Quantas vezes você já parou para contemplar a graça de Cristo em sua vida? Quantas vezes você notou a salvação que Cristo aplicou em você? Quantas vezes negligenciamos a salvação, porque queremos ter o privilégio de nos salvarmos a nós mesmos. A verdadeira salvação, a única que realmente importa, é a que Cristo aplica e esse ato de Jesus em nos salvar, joga sobre nós o quanto somos fracos e inúteis, o quanto queremos palpitar sobre a vida dos outros, mas não temos capacidade de salvar a nós mesmos.


Essa salvação não é barata, Cristo alcançou na cruz (1 Pedro 3:18). Gálatas 3:13 diz:

 

"Cristo nos redimiu da maldição da lei quando se tornou maldição em nosso lugar, pois está escrito: 'Maldito todo aquele que for pendurado num madeiro"

 

ou seja, Cristo nos redimiu e tomou nosso lugar para que fossemos feitos "filhos de Deus"

(Jo 1:12), com isso alcançamos o perdão dos pecados (Colossenses 1:13-14), esse é o mistério da salvação, essa é a riqueza da salvação. E uma vez que não recebemos Cristo em nossas vidas, estamos negligenciando essa "tão grande salvação" (Hebreus 2:3), quando não deixamos Cristo no controle, quando não desistimos do nosso orgulho em prol de que Cristo cresça e nós diminuamos.


A salvação é aplicada àqueles que creem, além de creem em Cristo como o único e supremo Senhor, como nosso Deus soberano que cria e nos dá salvação, mas também que creem que nós seremos humanos somos incapazes de salvarmos a nós mesmo. E assim louvaremos: 

 

"Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de receber a glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas." - Apocalipse 4:11.


Deus te abençoe!

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags