• White Facebook Icon
  • White Facebook Icon

NOSSA ATENÇÃO NO CÉU

2.2.2017

"Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam." - Mateus 6:20


Que tipo de investimento na eternidade estamos fazendo? Como cristãos qual tem sido a nossa "preocupação" com a eternidade? É interessante perceber que parte do capítulo 6 de Mateus trata a respeito dos "cuidados" da vida, ou seja, das preocupações e carências naturais que todo ser humano tem quanto à questões como vestimenta, alimentação, etc. Jesus chama a atenção dos discípulos para o que realmente importa, a eternidade, o reino de Deus e sua justiça, garantindo assim, que o próprio Pai cuidaria e acrescentaria o necessário para àqueles que buscassem em primeiro lugar a vontade dEle em contra partida com todas essas preocupações terrenas. Agora voltamos a nossa pergunta: Que tipo de investimento estamos fazendo na eternidade?


Investimos muito tempo, força e empenho em vários aspectos da nossa vida aqui na terra que se resumem em "bens não duráveis", em tesouros passageiros, mas não damos a devida atenção para a eternidade para aquilo que permanecerá. Jesus garantiu que ao "investirmos" no céu os cuidados da vida não fariam efeito sobre nós, veja o que está escrito no verso 25 e 32b:


"Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?"


"[...] Decerto vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas"


Quando Jesus faz uso do termo "por isso vos digo" indica que todas as orientações anteriores resultam em apenas uma ordem "Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida", e por qual motivo? Porque o Pai celestial sabe que necessitamos de tudo isso, ou seja, quando começamos a dar a devida atenção para as questões eternas, Deus se encarrega de cuidar de tudo o que vamos precisar. Isso Ele faz, o problema é enxergarmos esse cuidado, confiarmos e termos essa certeza! É importante dizer que, pensar e investir na eternidade, não nos exime da responsabilidade de trabalhar, pagar contas, estudar, etc., mas faz com que todas essas responsabilidades (e outras também) estejam centradas e focadas no céu e dependentes do Pai.


Deus não é indiferente às nossas necessidades, temos um Deus que é glorificado em todos os lados da nossa vida, tanto na parte quando tesouros no céu são juntados quando necessidades são supridas por Ele mesmo. 


Que nós possamos aprender a descansar cada dia mais em Deus e assim prestar mais atenção e investir nossa vida para juntar o que de fato tem valor, o que de fato vai durar por toda a eternidade. Tudo o que pudermos juntar aqui na terra será temporal, passageiro, é falível e instável, mas tudo o que está acumulado no céu por aqueles que lá decidiram investir vai permanecer por toda a eternidade. Nada vale de verdade, nada dura de fato, nada permanece se não estiver na eternidade, sem vínculo com o céu não há valor algum em qualquer tipo de tesouro.


Nada mais aqui na terra merece a nossa atenção como o céu. Somente as coisas eternas merecem a nossa atenção.

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags